O Pixel é uma distribuição baseada em Linux para ARM, criada exclusivametnte para a plaquinha Raspberry Pi e que agora está sendo portada para X86, mas há uma frase de Eben Upton, o criador do Raspberry Pi, que soa estranho: “Se nós gostamos tanto do Pixel, por que pedir para as pessoas comprarem hardware Raspberry Pi para poder rodá-lo?”

O que pode estar por trás dessa afirmação? Será que o Raspberry Pi está com os dias contados?

Na galeria abaixo o leitor poderá ver algumas imagens de telas do Pixel instalado em uma máquina virtual Oracle Virtualbox.

Leiam a notícia completa aqui

[Voltar]

Categoria: Notícias